Jogos Florais são encerrados em Niterói

Raquel Morais –

No último domingo foi realizado encerramento do 40º Jogos Florais de Niterói 2018. O evento, que é um torneio literário organizado pela União Brasileira de Trovadores (UBT), reuniu quase 400 trovas e premiou dezenas de trovadores em três temas: Estrela, Sol e Lua, julgados por uma banca de nove examinadores.

Três temas nortearam os trovadores: Estrela para os poetas em em todo Estado do Rio de Janeiro; Sol para os trovadores dos demais estados e quem está fora do país e Lua apenas para os novos trovadores (quem não ganhou três prêmios em alguma categoria).

“Os Jogos Florais possuem uma trajetória histórica datada da Idade Média, mais precisamente 1232, na França. É uma modalidade linda e realmente foi algo muito emocionante em todo o processo”, comentou a vice-presidente da UBT seção Niterói, Alba Helena Corrêa.

No domingo, o evento começou com uma missa na Capela de São Lucas, em Icaraí, celebrada em trovas pelo Monsenhor Elídio Robaina. E a solenidade terminou com uma homenagem ao padre realizada por um grupo de trovadores de Campos dos Goytacazes.

“Eles ainda prepararam um livreto lindo com as trovas para entregar ao Monsenhor. Foi um momento muito emocionante”, frisou Alba. O grupo almoçou junto e também fez uma visita aos principais pontos turísticos de Niterói.

O evento seguiu na Associação Médica Fluminense (AMF) onde foram entregues os troféus aos vencedores. Antes da solenidade a vice-presidente da UBT Niterói prestou uma homenagem a um dos ganhadores, João Costa, que faleceu em setembro e foi representado pela sua esposa. “Tivemos essa grande perda e ele mereceu as homenagens que preparamos para ele. Tudo foi muito lindo e agora já estamos preparando os jogos de 2019”, concluiu Alba.

VENCEDORES DO RIO DE JANEIRO
O tema das trovas no Rio de Janeiro, Estrela, rendeu 15 troféus em três categorias: vencedores – Alba Helena Corrêa (Niterói), Carlos Alberto de Carvalho (São Gonçalo), João Costa (in memorian – Saquarema), Maria Madalena Ferreira (Magé) e Sandro Pereira Rebel (Niterói); Menção Honrosa – Danusa Almeida (Campos dos Goytacazes), Josafá Sobreira (Rio de Janeiro), Maria Helena Ururay Campos da Fonseca (Angra dos Reis), Maria Madalena Ferreira (Magé) e Sônia Maria Sobreira (Rio de Janeiro) e por último Menção Especial – Neiva Fernandes (Campos dos Goytacazes), Paulo Roberto Caruso (Niterói), Sandro Pereira Rebel (Niterói), Sônia Maria Sobreira (Rio de Janeiro) e Therezinha Tavares (Nova Friburgo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *