Fuzil roubado de delegado é recuperado durante operação

Durante uma operação realizada pela Polícia Civil do Rio, nesta terça-feira (10), agentes conseguiram recuperar o fuzil, calibre 5.56, e carregadores de munições, roubados no último sábado (07) do delegado adjunto da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, e Itaboraí (DHNSG), Marcus Amim, durante assalto. O delegado e a mulher foram atacados quando passavam por uma rua do bairro do Méier, Zona Norte do Rio.

A operação, com apoio de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), contou com policiais da DHNSG e da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), para cumprimento de Mandados de Prisão, obtidos em investigações da 20° DP (Vila Isabel) e da 26º DP (Méier), contra os autores do roubo das armas da DHNSG. Durante todo o dia, diversas diligências foram executadas em várias comunidades do Complexo do Lins, tais como: Barro Vermelho, Árvore Seca, Morro do Amor, Morro da Cotia, Morro do Gambá. Houve confrontos e dois homens morreram em confronto. Ainda na terça-feira, depois do cruzamento de dados de inteligência das duas especializadas, foi possível recuperar o fuzil, carregadores e as munições que haviam sido roubadas.

Na noite de sábado passado bandidos renderam o delegado Marcus Amim, quando o policial passava de carro com a mulher, pela Rua Amaro Cavalcante, no Méier. Na ação os bandidos roubaram o veículo que o delegado conduzia, modelo Honda Civic. Mais tarde o carro foi recuperado pela polícia, mas sem o fuzil, calibre 5.56 e uma pistola, que estavam no porta malas auto. O delegado, segundo relato do próprio, passou momentos de muito risco, quando os bandidos ordenaram que ele a esposa desembarcassem do carro e até chegaram a efetuar um disparo na direção do delegado, que não o atingiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *