Festa de Santo Expedito na capela do Fonseca

Santo Expedito foi um militar romano, Comandante-em-chefe da 12ª Legião, conhecida como “Fulminata”, aquartelada em Melitene, e encarregada de proteger o Império das invasões dos bárbaros orientais com um efetivo de mais de 6.800 soldados. Sendo cristão, como era a maioria de seus subordinados, todos nativos da Armênia, teria sido condenado durante as perseguições de Diocleciano, 19 de abril do ano 303, sendo martirizado e por fim decapitado com a espada por recusar-se a adorar os deuses pagãos.

A festa em homenagem ao santo será hoje, na capela do Fonseca, com direito a missa, almoço e procissões, por exemplo. Às 7h e 9h serão celebradas missas, às 11h a celebração será presidida por Dom José Francisco, Arcebispo de Niterói, às 12h será servido um almoço seguido às 14h de show de prêmios. Às 15h será rezado o Terço da Misericórdia (transmitido ao vivo pela Radio Catedral 106,7 FM), às 16h terá uma missa seguida às 18h de procissão. Às 19h o evento se encerrá com uma missa presidida por Dom Roque Costa de Souza, Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro.

Tentado por um demônio em forma de corvo que gritava cras! cras! (em latim, “amanhã”), que surgiu para adiar sua conversão, teria pisado a criatura dizendo hodie! (“hoje”), significando sua disposição heroica de converter-se de imediato.

O primeiro templo construído e dedicado ao Santo no Brasil foi a “Capela Santo Expedito” em 1902 na Arquidiocese de Niterói no Bairro do Fonseca, por imigrantes italianos, a Capela tem sido lugar de refúgio para muitos devotos, que vão a Capela do Santo pedir sua intercessão nas causas denominadas impossíveis.

A Capela Santo Expedito fica na Rua Lopes da Cunha, 225 no Fonseca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *