Espetáculos lúdicos vão movimentar o Teatro Eduardo Kraichete

Ao completar 17 anos de sucesso na cidade de Niterói, a Escola Fábrica Oficina Social de Teatro leva ao palco do Teatro Eduardo Kraichete sua Mostra Comemorativa dos 17 anos, com “Sonhos de Quixote – O cavaleiro da triste figura”, nesta quarta-feira (14), às 19h30min. Na quinta (15), no mesmo horário será apresentado “O mar vermelho de Maria”.

O primeiro, decorridos quatro séculos e essa genuína obra literária, de tamanha repercussão, continua perene e encantando novos públicos e inspirando-os, perturbando a sanidade, loucura, emoção, razão, comportamento de todo ser humano. “El engenhoso” Miguel de Cervantes escreveu o romance Dom Quixote De La Mancha entre 1605-1615, sua mais famosa obra, que nos conta a história da personagem que deu o título ao clássico, Dom Alonso Quixano, universalmente conhecido como Dom Quixote De La Mancha. Para uns, um cavaleiro da figura triste, sonhador, louco, tonto, idealista, aventureiro, engenhoso; e por aí se seguem as definições que cada um tem desse cavaleiro andante. Quixote é louco ou sábio?

Já “O mar vermelho de Maria” é espetáculo que apresenta canções que falam do mar e da relação da cidade com suas personagens. A Oficina Social de Teatro apresentará o espetáculo sob a direção de ErikaFerreira. Maria é assassinada e conta a história de sua morte revelando ciúmes, mentiras, amores; de toda uma cidade praiana que vê nela alguém a temer. Partindo de uma pesquisa sobre estudos realizados por teóricos de teatro como Eugênio Barba e Grotowski, e dando ênfase aos traços de brasilidade e antropologia que daí surgem, construiu-se um lugar de realizações físicas e sonoras bastante abrangente. O som da voz, dos corpos, do canto em grupo, do canto de trabalho surge uma cidade em que a personagem de Maria vive sozinha e independente. Sem um homem para lhe acompanhar, a sociedade local passa a ver a solidão de Maria como uma afronta, tanto para as mulheres como para os homens.

O espetáculo denuncia, nos dias atuais, um lugar em que a mulher ainda é tratada como objeto e menosprezada. Falando do feminismo, a OST revela o poder da mulher e revela que estas não são somente um número na estatística.

Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada). O Teatro Eduardo Kraichete fica na Avenida Roberto Silveira, 123 em Icaraí. Mais informações pelo telefone (21) 2721-0468.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *