Coleta seletiva nas praias dos Cavaleiros e Pecado em Macaé

Os benefícios da reciclagem são muitos, a começar pela redução da poluição do ar, das águas e do solo. Pensando nisso, a empresa Macaense Ambiental Offshore, em parceria com a Prefeitura de Macaé, implanta a coleta seletiva nas praias dos Cavaleiros e Pecado, em Macaé. A ação começou na quarta-feira (17), com a instalação de 30 receptores de recicláveis na praia dos Cavaleiros.

De acordo com o Secretário Adjunto de Serviços Públicos, Célio Chapeta, nesta quinta-feira (18), 30 receptores serão instalados na Praia do Pecado, totalizando, então, 60 coletores nesse primeiro momento do projeto. O secretário acrescenta que cada coletor comporta 200 litros de lixo. Diante deste dado, será realizado um estudo para levantar a quantidade de resíduos recicláveis coletados por dia e, dessa forma, traçar metas para expandir o projeto em outras praias do município.

“A coleta será realizada duas vezes por dia pela Secretaria Adjunta de Serviços Públicos. O lixo separado será encaminhado à Macaense Ambiental, que fará a destinação para uma receptora de recicláveis. Já o lixo não reciclável será encaminhado ao aterro sanitário do município”, pontuou Chapeta.

Preocupada com a conscientização da população como fator principal para o sucesso do projeto, a gerente administrativa da Macaense Ambiental, Emanuele Amaral, destacou o carinho pelo município de Macaé.

“A participação da sociedade é de suma importância para o processo de coleta seletiva. A educação ambiental visa desenvolver uma filosofia de ética, moral e respeito à natureza e aos homens. É um ferramenta que mobiliza a comunidade para mudanças de hábitos”, destacou Emanuele.
Exemplos de produtos recicláveis – Vidro: potes de alimentos (azeitonas, milho, requeijão etc), garrafas, frascos de medicamentos, cacos de vidro. Papel: jornais, revistas, folhetos, caixas de papelão, embalagens de papel. Metal: latas de alumínio, de aço, pregos, tampas, tubos de pasta, cobre, alumínio. Plástico: potes, garrafas PET, sacolas e embalagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *