Cine Arte UFF atraiu o segundo maior público do país no Festival Varilux de Cinema Francês

O Cine Arte UFF foi o segundo cinema mais frequentado do Brasil durante o Festival Varilux de Cinema Francês 2017 e o primeiro do Sudeste. Ao todo, 5.959 pessoas passaram pela única sala do Centro de Artes UFF, em Icaraí, Niterói, para assistir a 19 produções francesas, entre os dias 8 a 25 de junho. A marca de maior público foi conquistada pelo Moviemax Rosa e Silva, de Recife (PE) e a terceira colocação é do cinema Itaú Arteplex, em Botafogo, Rio de Janeiro.

No geral, o Festival Varilux de Cinema Francês alcançou a marca de 180 mil espectadores em duas semanas de exibição de filmes, em junho passado. Com isso, ultrapassou o festival de cinema francês da Austrália (Alliance Française French Film Festival), que neste ano recebeu 175 mil espectadores, o que faz do Varilux o maior festival do mundo em filmes de língua francesa. O crescimento registrado foi de 15% em relação à edição do ano anterior. Outro destaque ficou por conta do aumento de espectadores em diversas cidades fora do eixo tradicional de cinema, como Palmas (TO), Natal (RN), Goiânia (GO) e Ponta Grossa (PR). O festival teve filmes distribuídos por 55 cidades em 21 estados, mais o Distrito Federal.

O filme mais visto pelo público foi “Perdidos em Paris”, dirigido e estrelado por Fiona Gordon e Dominique Abel, que levou 16.541 pessoas aos cinemas. Logo em seguida, o filme estreou no Cine Arte UFF e em diversas salas pelo país, com bom retorno de público. Em segundo lugar, ficou o longa-metragem “Uma Família de Dois”, com o ator Omar Sy, que conquistou 16.050 espectadores e, em seguida, a comédia “Tal Mãe, Tal Filha”, de Noémie Saglio, também exibido em circuito regular no Cine Arte UFF, com um pouco mais de 13 mil nacionalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *