Ciclistas de SG pedem mais atenção e construção de ciclovias

Raquel Morais –

A Prefeitura de São Gonçalo informou que está aguardando liberação da verba para elaboração do projeto do BRS no município. Essa novidade irá contemplar uma ciclovia ligando os bairros de Neves a Guaxindiba. A notícia, que já tinha sido divulgada no início desse ano, reforçou a necessidade do poder público dar atenção aos projetos de mobilidade urbana com uso de bicicletas. No ano passado, a União Gonçalense de Ciclistas (UGC) participou de uma audiência pública em São Gonçalo para, mais uma vez, colocar esse assunto em pauta.

O coordenador da UGC, Charles Gomes, explicou que a entidade é uma organização sem fins lucrativos e políticos, que tem como maior objetivo a luta por uma São Gonçalo com mais mobilidade para as pessoas a pé que usam bicicleta como meio de transporte. “Defendo uma mobilidade urbana acessível para quem usa bicicleta como meio de transporte. Na audiência pública defendemos a criação de um plano de mobilidade urbana para um deslocamento seguro. A cidade tem condições geográficas para isso e hoje contamos com apenas um espaço, que não é uma ciclovia e nem uma ciclofaixa, na Rua das Caminhadas”, comentou o contador.

Levantamento da UGC apontou que por hora passam 40 ciclistas no Centro de São Gonçalo, o que reforça a importância desse investimento. “Pedalar no meio de ônibus e motoristas nervosos deixam os ciclistas apreensivos e com medo. Hoje em dia é mais que normal o uso da bike para transporte em vários municípios e não tem como fugir dessa questão”, comentou uma gonçalense que preferiu não se identificar.

A Prefeitura de São Gonçalo informou que atualmente, os ciclistas de São Gonçalo contam com a Rua Jaime Figueiredo, conhecida como Rua da Caminhada, no Camarão, para realizar atividades ciclísticas. O trajeto tem cerca de cinco quilômetros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *