Botafogo empata com o Cruzeiro e fica fora da Libertadores

O Botafogo decepcionou sua torcida ao empatar com o Cruzeiro por 2 a 2, em partida disputada neste domingo, no estádio Nilton Santos, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado fez o Alvinegro carioca acabar na décima colocação com 53 pontos ganhos e sem qualquer chance de disputar a Libertadores do próximo ano. O Cruzeiro ficou na quinta posição com 57 pontos ganhos.

O empate espelhou o desempenho das duas equipes em campo. Botafogo e Cruzeiro mostraram muito empenho, mas em nenhum momento, uma equipe teve supremacia sobre a outra durante a partida. O Botafogo abriu o marcador com Brenner. Thiago Neves e Arrascaeta fizeram o Cruzeiro passar na frente, mas Ezequiel colocou tudo igual no marcador.

O jogo – Apoiado pela torcida, o Botafogo tentou partir para o ataque , mas foi o Cruzeiro quem criou o primeiro momento de perigo em cabeçada de Murilo que Gatito Fernández defender com facilidade. Aos sete minutos, Lucas Romero tabelou com Thiago Neves e arriscou, da entrada da área, mas a bola encobriu o travessão da equipe carioca.

O Botafogo encontrava grande dificuldade para jogar por causa da marcação adiantada exercida pela equipe dirigida por Mano Menezes. O Alvinegro carioca só chegou na área mineira aos 11 minutos com chute forte de Rodrigo Lindoso que saiu, mas levou perigo. Aos 13 minutos, foi a vez de Dudu Cearense cabecear e o goleiro Rafael defendeu sem dificuldades.

O time comandado por Jair Ventura melhorou e , aos 21 minutos, Brenner recebeu na área e chutou fraco, não dando trabalho para Rafael. Aos 25 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. Léo Valencia recebeu na direita e cruzou na medida para a cabeçada de Brenner que não deu chances para o goleiro Rafael.

Mesmo em vantagem, o Botafogo seguiu pressionando e quase ampliou a vantagem em cabeçada de Igor Rabello que foi muito bem defendida por Rafael. Um minuto depois, Léo Valencia desarmou Bryan na entrada da área e chutou com muito perigo.

Mesmo sendo inferior ao adversário, o Cruzeiro empatou aos 37 minutos, com Thiago Neves que aproveitou uma meia bicicleta de Arrascaeta para completar para as redes cariocas. Depois de sofrer o gol do empate, o Botafogo tentou buscar o gol do desempate, mas o Cruzeiro se defendeu bem e não permitiu que o Alvinegro criasse qualquer chance para marcar até o final da primeira etapa.

O Cruzeiro desempatou aos quatro minutos. Arrascaeta e Thiago Neves tentaram uma tabela e a zaga alvinegra cortou, mas o volante Rodrigo Lindoso acabou dando um presente para Arrascaeta que só empurrou a bola para o gol. Dois minutos depois, Guilherme se livrou da marcação e mandou a bomba, mas o gleiro Rafael fez grande defesa.

O jogo ficou equilibrado e Rafinha, aos nove minutos, desperdiçou a chance de marcar o terceiro gol do time visitante. O Botafogo respondeu com cabeçada de Dudu Cearense e grande defesa de Rafael.

O time carioca empatou aos 23 minutos. Brenner recebeu na área e tocou para Ezequiel que se livrou da marcação e bateu para deixar tudo igual. Para complicar as coisas para a equipe dirigida por Mano Menezes, o atacante Rafinha se desentendeu com outro jogador e foi expulso de campo. O Botafogo partiu para uma tentativa desesperada para alcançar a vitória e acabou desperdiçando a última oportunidade com Victor Luis. No final, a torcida alvinegra, frustrada, vaiou a equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *