Baleado em perseguição do Rio até a Praça do Pedágio

Augusto Aguiar –

Um homem, identificado como Wagner Luiz Conceição, de 33 anos, deu entrada e foi internado em estado grave, na madrugada desta quinta-feira (18), no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, após ser baleado durante uma perseguição policial, que começou no Rio e terminou nas proximidades da Praça do Pedágio, na Ponte Rio-Niterói (na chegada à Niterói). De acordo com a polícia, a ocorrência teve início quando PMs do 4º Batalhão (São Cristóvão) avistaram um veículo suspeito, da marca Nissan, de cor branca, no bairro Cidade Nova, cujo condutor não obedeceu a ordem de parar, seguindo em alta velocidade em direção à Avenida Francisco Bicalho, e de lá acessando a Ponte Rio-Niterói.

Segundo informes, os policiais militares perseguiram o suspeito pela via, enquanto outros policiais (do 12º BPM) informados sobre o fato montaram um bloqueio nas principais vias de acesso à Niterói. Antes mesmo da Praça do Pedágio o veículo foi interceptado, e o acusado foi baleado na cabeça. No local os policiais encontraram com o acusado uma réplica de arma. A princípio não havia identificação do acusado que havia sido baleado e o caso foi encaminhado inicialmente para a central de flagrantes da 78ª DP (Fonseca), onde a equipe de investigação solicitou trabalho de perícia do IFP (papiloscopista), que obteve a identificação do acusado, seria oriundo da Baixada Fluminense, e que o mesmo tinha anotação criminal anterior por assalto (artigo 157 do Código Penal).

Com relação ao veículo, o mesmo não constaria como roubado e seria de uma locadora. O procedimento da ocorrência foi encaminhado para de delegacia da área (76ª DP/Centro-Niterói) e até a tarde de ontem o quadro de saúde do acusado permanecia grave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *