Assalto à loja de departamento assusta moradores de Icaraí

Wellington Serrano –

Homens em um carro assaltaram por volta das 14 horas desta quinta-feira (26) uma filial das Lojas Americanas na Rua Moreira César, em Icaraí. A TRIBUNA esteve no local e confirmou o fato com os funcionários, que relataram terem sido trancados em um depósito enquanto dois homens armados levavam aparelhos de celular e o dinheiro do caixa. Segundo eles, o roubo foi muito rápido. “Eles já entraram mostrando a arma e ameaçando a matar todo mundo, ficamos presos e nervosos enquanto acontecia o assalto e a dupla conseguiu fugir sem levantar suspeitas”, disse uma funcionária que não pode ser identificada.

Segundo os populares, no momento do assalto, foi muita coincidência ter um caminhão-baú parado em frente à loja. “Parece que quem arquitetou o roubo não queria chamar atenção”, disse um morador desconfiado.

Uma moradora da Rua Engenheiro Guilherme Greenhalgh, que fica em frente ao estabelecimento, disse que os criminosos fizeram o assalto na cara dos policiais do Niterói Presente. “Sou moradora e estou vendo. Desde o assalto a Lanchonete Mattinata aqui na esquina os policiais deste programa não saem aqui do local, mas infelizmente aconteceu”, lamentou.

Em apenas 15 dias foram quatro assaltos a lojas da mesma rede. Na semana passada a filial de Itaipu foi roubada duas vezes. A Associação Viver Bem, que tem câmeras instaladas nas ruas de Niterói, confirmou que na noite da última quarta-feira foi a vez da filial do Largo da Batalha e agora a loja de Icaraí. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), os roubos a estabelecimentos comerciais na Zona Sul apresentaram aumento de 33%, com 15 casos em março de 2017 e 20 no mesmo período deste ano.

Uma cliente da loja, que pediu para não ser identificada, estava na hora em que tinham acabado de assaltar e ficou nervosa. “Estava na loteria que fica a cinquenta metros e ouvi um funcionário chorando”, contou.

Segundo um comerciante, a violência nas ruas de Niterói está demais. “Nessa semana um mototaxista assaltou uma banca de jornal em frente a essa loja que foi a vítima agora. O ladrão levou dois mil reais e cigarros”, disse.

Segundo informações da PM, os policiais foram acionados, mas os criminosos já tinham fugido. “Os responsáveis pela loja não quiseram registrar o caso”, declarou em nota a assessoria da PM. Procurada, a assessoria de imprensa da Americanas não se manifestou.

REUNIÃO – Durante reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança de Niterói, na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) ontem pela manhã foram debatidos temas referentes à melhoria da segurança pública da cidade. Na ocasião, o presidente do Conselho, Leandro Santiago falou da necessidade de um projeto de lei municipal que proíbe a fabricação, a venda, a comercialização e a distribuição, de armas que configurem réplicas e simulacros de arma de fogo, ou que com essas possam se confundir.

Leandro Santiago disse ser preciso investimentos nos equipamentos policiais. “Não é possível que o melhor carro da 77ºDP, um Duster, fique enguiçado no meio de uma operação levando os policiais a risco de morte”, lamentou. O encontro também apontou mudanças nos índices negativos para as metas da corporação. Segundo informações, os policiais querem separar auto de resistência de letalidade violenta. “Os policiais da 76ºDP até hoje estão na espera da premiação e a Prefeitura de Niterói não paga devido a burocracia”, lamentou Leandro.

Milícia – Outro assunto que chamou atenção dos membros do Conselho foram as denúncias do vereador Sandro Araújo (PPS) sobre a ligação das empresas privadas de segurança com a milícia em Niterói caso esse questionado por delegados que estranharam a informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *